Preparando a viagem

Conheça o trem que ligará Miami a Orlando

Michael Reininger, presidente da empresa responsável pela concessão da linha, apresentou este mês a primeira locomotiva Brightline. Fotos: divulgação

Primeiro trecho, ligando Miami, Fort Lauderdale e West Palm Beach, será inaugurado em julho de 2017. Chegada a Orlando deve ocorrer em 2018.

O primeiro trem expresso de passageiros que ligará Miami a Orlando acaba de ser apresentado. Mas a tão aguardada ligação ferroviária entre os dois populares destinos da Flórida ainda vai demorar para ser concluída por completo. Para julho de 2017, está confirmada apenas a inauguração do trecho entre a estação de Downtown MiamiWest Palm Beach, passando por Fort Lauderdale.

Para os turistas, é claro, apenas a inauguração do primeiro trecho será uma ótima alternativa para reduzir gastos com táxis de Miami a Fort Lauderdale (47 km). Já West Palm Beach está distante 115 km e Orlando, 379 km.

Michael Reininger, presidente da Brightline, empresa responsável pela concessão da linha, informou ao USA Today, durante a apresentação da primeira locomotiva, no dia 16 de junho, que a chegada do expresso a Orlando deve ocorrer em 2018.

brightline-600x449[1]

Projeção mostra como será o expresso Brightline, que poderá atingir uma velocidade de 201 km/h.

Com um investimento total previsto de US$ 2,1 bilhões, sendo US$ 1 bilhão apenas na primeira fase (construção dos trens e linha até West Palm Beach), o novo modal terá vagões de cores vivas – vermelho, laranja, verde, azul e rosa – e locomotivas pretas e amarelas. A Brightline promete exterior e interior modernos – que lembram os dos Eurostar, que fazem a rota entre Londres e Paris.

Além disso, será disponibilizado wi-fi gratuito e tomadas para carregar os smartphones. Os assentos, por outro lado, terão várias configurações, inclusive para uma única pessoa, como também, para grupos de quatro. Os preços dos bilhetes ainda não foram estabelecidos.

Mapa[1]

O primeiro trecho, entre Miami a West Palm Beach, já irá beneficiar muitos turistas.

Os trens Brightline não serão de alta velocidade (como os Eurostar, que chegam a 320 km/h), mas o seu serviço expresso será capaz de ir até 201 km/h. Vale lembrar que, em grande parte dos Estados Unidos, os trens estão limitados a 128 km/h.

Locomotivas e vagões estão sendo construídos pela Siemens Mobility na planta de Sacramento, na Califórnia. Quando todo trajeto estiver pronto, a viagem entre Orlando e Miami, com paradas em Fort Lauderdale e West Palm Beach, irá demorar cerca de três horas. Conheça mais sobre o projeto que deve beneficiar ainda mais o turismo na Flórida no site.

Sobre o autor

Redação Orlando Terapia

Redação Orlando Terapia

O Orlando Terapia nasceu depois de uma viagem para Orlando mas essa paixão pela cidade nasceu muito antes! Decidimos compartilhar tudo que sabemos e também o que descobrimos fuçando por aí.

Esse é o Orlando Terapia, um local onde você vai encontrar novidades e dicas de todos os Parques mas também um pouco das outras coisas que fazem essa cidade tão especial!